03/05/2018

Prefeito de Campinas sanciona “Lei Lucas”

Lei Lucas obriga escolas públicas e particulares a se capacitarem para socorrer emergências

Da redação

O prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, sancionou nesta quarta-feira, 2 de maio, a “Lei Lucas”, que trata da obrigatoriedade de treinamento em primeiros socorros para funcionários de escolas da rede municipal e particular do município. Lucas morreu aos dez anos, em setembro do ano passado, com asfixia causada por engasgamento, durante um passeio escolar promovido por escola particular.

Na cerimônia, foi apresentado o Projeto de Capacitação em Primeiros Socorros nas Unidades de Educação Públicas e Privadas de Campinas. O Projeto foi desenvolvido pela Rede Mário Gatti, por meio do Samu Campinas. O projeto de capacitação do Samu existe desde 2001, porém só atendia escolas públicas, e a partir da solicitação dessas unidades.

(Foto: Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas)

A capacitação será voltada para professores, monitores e funcionários do quadro administrativo e operacional das escolas. A formação incluirá aula teórica, por meio de recursos audiovisuais, e práticas, com a realização de simulações em manequins anatômicos. As unidades particulares que não cumprirem a lei serão penalizadas.

As instruções abrangerão casos de acidentes com quedas, traumas, acidente ocular, sangramento nasal, alergias, picadas de insetos, queimaduras, hipertermia, hipoglicemia, crise convulsiva, engasgo, desmaio, síncope e parada cardio respiratória e ressuscitação cardio pulmonar.

Em 2017, dezenove escolas municipais participaram do treinamento do Samu, que capacitou 580 profissionais. Em 2018, já foram treinados 310 funcionários de nove escolas municipais; outras seis estão agendadas. Ao todo, Campinas conta com 474 escolas municipais e particulares, segundo dados das secretarias estadual e municipal de Educação.

………………………………..

O Portal N60 oferece notícias curtas e objetivas para serem lidas em até 60 segundos. Clique AQUI, curta a fanpage e fique por dentro dos principais fatos da nossa região.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.