24/01/2019

Novidade! Nutricionista no Centro Médico de Artur Nogueira e Cosmópolis

Entenda a diferença entre regime, dietas restritivas e reeducação alimentar

Informe Publicitário

Para você que busca qualidade de vida através da alimentação, gostaria de emagrecer sem sofrimento ou dietas restritivas, através da reeducação alimentar. Pratica atividade física e busca acompanhamento para ganho de massa muscular, suplementação em crianças, adultos, gestantes e idosos. A clínica agora conta com atendimento do Dr. Wellington Andrey Pinto (CRN: 543.93)

Vários estudos demonstram a relação entre alimentação e Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) como por exemplo: pressão alta, diabetes, câncer, obesidade, sobrepeso, colesterol, ácido úrico, doenças cardiovasculares, renais, entre outras.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. A taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos dez anos. O diabetes é uma epidemia global e o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking dos países com o maior número de casos, atrás de China, Índia e Estados Unidos. Alguns fatores exercem papel importante para este crescimento como por exemplo: a obesidade, o sedentarismo e a alimentação inadequada.
A OMS aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. No Brasil, ela vem crescendo cada vez mais. Alguns levantamentos apontam que mais de 50% da população está acima do peso, ou seja, na faixa de sobrepeso e obesidade. O acompanhamento do nutricionista é fundamental para o controle, recuperação, promoção e prevenção dessas doenças.

Entenda a diferença entre regime, dietas restritivas e reeducação alimentar

No regime ou dietas restritivas:

  • Existe sempre a implicação de que, cedo ou tarde, ele irá acabar;
  • A pessoa espera resultados rápidos e, se isso não acontece, tende a se frustrar;
  • Geralmente a alimentação é muito restritiva e a pessoa sente até a necessidade de se afastar de alguns eventos sociais;
  • Quando termina o período do regime, a pessoa tende a voltar a comer e fazer tudo o que fazia anteriormente, porque não se acostumou com os bons hábitos alimentares;
  • Tendência a recuperar o peso perdido, e geralmente ganha uns quilinhos a mais (efeito sanfona);
  • Além da questão estética, dependendo do tipo de regime adotado, a pessoa pode prejudicar e muito sua saúde (deficiência de nutrientes, transtornos alimentares, obesidade e doenças autoimune).

Com a reeducação alimentar:

  • A pessoa é convidada a seguir um novo estilo de vida (ou seja, é algo que não tem prazo para terminar);
  • O plano alimentar, elaborado por um nutricionista, é feito especialmente para ela, levando em conta sua rotina, necessidades e gostos. O que é bem diferente de um regime severo e chato;
  • A pessoa não é proibida de comer os alimentos que mais gosta, e com isso tende a se motivar cada vez mais;
  • Os resultados nem sempre são alcançados de forma rápida, mas são definitivos, pois a pessoa tem agora um novo estilo de vida;
  • A melhora não é só estética, mas da saúde de uma forma geral.

    A melhor maneira de emagrecer sem dúvida é com a reeducação alimentar, onde o paciente não corre o risco de engordar novamente, podendo comer de tudo, mas na medida certa, e não ter a necessidade de recorrer a remédios para emagrecer ou cirurgia, alcançando resultados definitivos.Atendimento nutricional:

    • Reeducação alimentar
    • Plano alimentar individualizado
    • Avaliação corporal
    • Avaliação de bioimpedância
    • Suplementação
    • Ganho de massa muscular
    • Grupos de emagrecimento

    Agende sua consulta por telefone:
    Em Artur Nogueira – SP
    Telefones: (19) 3827-4046 e (19) 3827-3412 ou Whatsapp (19) 99616-8174.
    Rua Araras, 439, Jardim Blumenau.

    Em Cosmópolis – SP
    Telefones: (19) 3882-1862 ou Whatsapp (19) 99616-8174.
    Rua Max Hergert, 950 – Jardim Bela Vista III.

    Siga o nutricionista nas redes sociais e fique por dentro das novidades!

    facebook.com/nutricionistatom

    instagram.com/nutricionistatom

     


ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.