16/01/2019

Alunos da UniFAJ são aprovados no exame da OAB antes de concluírem graduação

Ao todo 18 estudantes da Instituição passaram na prova

Informe Publicitário

Com índice de aprovação em torno de 24%, o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) é um dos mais difíceis. A prova é necessária para que os bacharéis em direito possam exercer a advocacia. Mas para isso têm que conseguir a aprovação. Esse é o caso de Alana Barreto, 22 anos, que conseguiu ser aprovada antes mesmo de concluir o curso de Direito pela UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna).

Juntamente como ela, foram ainda aprovados mais 17 estudantes da UniFAJ, todos do 10 semestre. São eles: Amanda Dalarme, Carlos Vitor Ciambelli, Fabio Rossi, Giancarlo Trotta, Iasmim Santos, Julia Spagiari, Karine Gomes, Marta Kelly Duques, Taina Uttemberghe Gasparini, Thamiris Felicio Capelini, Ana Luiza de Freitas Gutierres, Bruno Janas, Cesar Augusto Molina de Paula, Gabriel Maurício Lacerda, Leonardo Monteiro Reale, Maria Aline Garcia Oliveira e Murilo Moreira da Silva.

“Quando escolhi cursar Direito, comecei a pesquisar as notas das faculdades da região e a UniFAJ (na época FAJ) se destacava pelo fato de o curso ser tão novo e com nota igual a de universidades um pouco mais “antigas”, então pensei que não tinha porque escolher outra, já que para mim a UniFAJ era mais acessível em termos de distância de percurso, e posso dizer que não me arrependo da escolha que fiz 5 anos atrás”, relembra Alana.

Ela conta que logo no primeiro ano de faculdade já via colegas do nono e décimo semestres sendo aprovados no exame de ordem. “Isso foi me deixando mais confiante com relação à instituição e aos professores.”

Alana lembra que ao longo do curso, vários professores nos davam dicas de estudos para o exame e sempre passavam tranquilidade e apoio a todos os alunos. “O resultado não poderia ser diferente, eu e muitos colegas fomos aprovados no exame de ordem esse ano (2018)”, destaca.

A aluna afirma que a faculdade, principalmente os coordenadores e professores do curso de direito, sempre foram muito compreensivos, começaram a aplicar simulados, chegaram a mudar até o calendário de provas por coincidir com a semana do exame de ordem, para que pudessem se dedicar para ambas as provas e com tranquilidade. “Além disso, temos alguns professores que dão aula em cursos preparatórios e isso ajuda muito, pois a didática, além de muito boa, contribui para os estudos do exame, e mesmo aqueles que não dão aula em cursos preparatórios, o nível de qualidade e comprometimento são altíssimos. Posso dizer, em especial, que as aulas de direito civil, ministradas pela professora Ana Silvia Begalli, foram tão marcantes que no momento da prova eu me lembrei de tudo que ela nos ensinou durante os 3 anos que esteve conosco e gabaritei as questões de direito civil”, relata.

Para Alana, todos os professores foram essenciais e contribuíram bastante para a aprovação. “Mas resumidamente posso dizer que a principal contribuição que a UniFAJ nos deu foi através de compreensão, apoio e comprometimento com a aprovação de seus alunos.”

O professor Fabrízio Rosa, coordenador do curso de Direito da UniFAJ, afirma que é um momento de muitas comemorações. “Lembro-me que tive o privilégio de dar a primeira aula em fevereiro de 2004, e os alunos apreensivos perguntavam como seria o curso, e eu com toda a sinceridade, naquela época, dizia: Não sei, nós vamos construir o curso juntos”, rememora o docente, referindo-se aos 15 anos de implantação do curso na UniFAJ.

O coordenador enfatiza que passados os 15 anos, agora estão vendo os bons frutos colhidos. “Primeiro a instituição que era uma faculdade e hoje alcançou o status de centro universitário, depois o curso de Direito alcançou notas 4 em todos os exames do Enade, nota 5 no MEC, alunos formados que prestaram os mais diversos concursos públicos, exames de ordem, e foram aprovados, com altos índices de empregabilidade. O que nos dá maior satisfação é ter colaborado para transformar a vida dessas pessoas”, destaca.

Vestibular

UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) está com inscrições abertas para o Vestibular Continuado, que oferece vagas em mais de 25 cursos das áreas de Humanas, Saúde, Exatas e Agrárias, que têm por filosofia a vivência prática da carreira. As graduações são distribuídas em seis campi: uma clínica integrada onde ocorrem as aulas práticas dos cursos da área da saúde; Hospital-Escola Veterinário, que é um dos maiores e mais bem equipados da América Latina; Centro de Pesquisas Ambientais e Agropecuárias (CPAA), que funciona como catalisador de estudos científicos nas áreas da saúde humana e animal; Campus 1 e Campus 2, que recebem os demais cursos da Instituição, além do campus da FAAGROH (Faculdade de Agronegócios de Holambra).

As inscrições podem ser feitas no site da Instituição (www.faj.br) e as provas são agendadas de terça e quinta, às 19h, e aos sábados, às 9h30. Até o dia 21 de janeiro, o candidato terá 50% de desconto na matrícula, em todos os cursos. Além disso, matriculando, ele ganha um curso de inglês, oficina de currículo e cadastro gratuito em banco de emprego/estágio.

Em menos de duas décadas de funcionamento, a UniFAJ conquistou notas máximas em todos os seus cursos, seja no MEC ou ENADE, mantendo a cada dia sua visibilidade, respeito e, principalmente, garantindo aos seus alunos a plena formação e sua altíssima empregabilidade, sempre com foco na prática, na internacionalização e na responsabilidade sociocultural, ambiental e civil.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.