18/01/2019

A reposição hormonal é o tratamento mais eficaz para os sintomas do climatério

Especialista do Centro Médico de Artur Nogueira fala sobre o climatério, confira

Informe Publicitário

O climatério é um período de transição, com duração variável e sem dúvida especial no ciclo biológico da mulher. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o climatério corresponde ao período de vida da mulher compreendido entre o final da fase reprodutora até a senilidade. Em geral, varia dos 40 aos 65 anos. Nesse período ocorre a menopausa definida como a interrupção permanente da menstruação e reconhecida após 12 meses consecutivos de amenorreia. No climatério observa-se diminuição da fertilidade e, progressivamente, declínio da produção de estradiol pelo ovário.  A menopausa precoce ocorre quando se estabelece antes dos 40 anos de idade, e tardia após os 55 anos.

No período do climatério ocorrem alterações na fisiologia da mulher, caracterizadas por alterações hormonais. Essas mudanças repercutem na saúde geral da mulher, podendo alterar sua autoestima e qualidade de vida, e também na longevidade.

Manifestações menstruais — No período, da perimenopausa o intervalo entre as menstruações pode diminuir devido ao rápido amadurecimento dos folículos, o que ocorre pelos elevados níveis de gonadotrofinas ou os intervalos menstruais podem estar aumentados pela persistência dos níveis de estrógeno e ausência de progesterona. Quando menstrua, como o endométrio está hiperplasiado por essas alterações hormonais, as menstruações podem ser abundantes e com maior duração.

Manifestações neurogênicas — As manifestações neurogênicas compreendem os sintomas mais comuns da síndrome do climatério, isto é, ondas de calor, sudorese, calafrios, palpitações, cefaleia, tonturas, parestesia, insônia, perda da memória e fadiga. A patogênese das ondas de calor não é conhecida, mas é aparentemente originária no hipotálamo e pode estar relacionada com a queda estrogênica, levando à formação diminuída de catecolestrógenos no cérebro. Outra hipótese para a gênese das ondas de calor é que a diminuição nos níveis estrogênicos levaria à queda nas concentrações dos receptores de endorfinas, resultando na perda da inibição da atividade noradrenérgica e, consequentemente, estimulação dos neurônios produtores de GnRH.

Manifestações psicogênicas — Não se acredita que uma mulher emocionalmente adaptada sofra grandes perturbações existenciais no climatério. É possível, no entanto, que as limitações impostas e a insegurança determinada por quadro clínico exacerbado em decorrência de forte deficiência estrogênica possam influir desfavoravelmente no estado emocional da mulher e interferir no relacionamento familiar, na adaptação sexual e na integração social. Alguns sintomas psíquicos atribuídos a essa fase são: diminuição da autoestima, irritabilidade, labilidade afetiva, sintomas depressivos, dificuldade de concentração e memória, dificuldades sexuais e insônia.

Alterações sexuais — À medida que as mulheres evoluem para a menopausa, elas experimentam mudanças na função sexual que são multifatoriais e compreendem domínios biológicos, psicológicos e sociais. Na meia-idade, ter apoio social, estar fisicamente ativa e não ter insônia associou-se a um maior entrosamento e prazer sexuais. Estudo de base populacional em mulheres brasileiras, entre 40 e 65 anos de idade, mostrou que o aumento da idade e os sintomas climatéricos, principalmente os fogachos, foram fatores associados à disfunção sexual.

A reposição hormonal é o tratamento mais eficaz para os sintomas vasomotores e a síndrome genito-urinaria da menopausa, além de prevenir a perda óssea e fratura. Porém, nem todas as mulheres devem ser submetidas à TH (terapia Hormonal), deve-se considerar os sintomas e, principalmente os fatores de riscos para uso das medicações.

Atualmente há poucas contra-indicações à terapia hormonal na pós-menopausa, já que são muitos os benefícios em relação aos riscos. As contra-indicações podem ser absolutas ou relativas.

É de extrema importância a avaliação detalhada por um ginecologista para determinar a necessidade da Reposição Hormonal.

Dra. Talita Giuzio, Ginecologia, obstetrícia e mastologia.  Título de especialista em ginecologia e obstetrícia pela Febrasgo (TEGO).  Curso de oncoplastia no IEO Milão Itália. CRM: 151.792

 


Se interessou pelo tratamento? Agende sua consulta no Centro Médico de Artur Nogueira.

Centro Médico

Centro Médico é referência na cidade de Artur Nogueira há 25 anos, atendendo em 23 especialidades, com diversos tipos de terapias personalizadas e um ambiente feito especialmente para a recuperação do paciente.

Centro Médico está localizado na  Rua Araras, 439, Jardim Blumenau – Artur Nogueira/SP.  Telefones: (19) 3827-4046 e (19) 3827-3412 ou (19) 99859-6566.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.